Publicado em 04 de junho de 2019

Venda de veículos novos sobe 21,6%

O mercado de veículos novos cresceu 21,6% em maio ante igual mês do ano passado, aponta balanço divulgado nesta segunda-feira (3) pela Fenabrave, entidade que reúne as concessionárias do País. Foram 245,46 mil unidades vendidas no quinto mês, somando os segmentos de automóveis, comerciais leves, caminhões e ônibus.

O volume, se comparado a abril, representa crescimento de 5,83%. No acumulado do ano, o mercado registra 1,084 milhão de veículos emplacados, expansão de 12,47% em relação a igual período do ano passado.

No mercado de veículos leves, que une segmentos de automóveis e comerciais leves, foram licenciados 234,1 mil unidades em maio, alta de 20,16% ante igual mês de 2018 e de 5,81% na comparação com abril. De janeiro a maio, os dois segmentos totalizam 1,035 milhão de emplacamentos, avanço de 11,10% em relação a igual intervalo de 2018.

A venda de caminhões em maio atingiu 9,19 mil unidades, crescimento de 60,87% em comparação a igual mês do ano passado e de 8,34% sobre o resultado de abril.

No acumulado do ano, foram 39,06 mil caminhões vendidos, alta de 46,81% ante o volume registrado de janeiro a maio do ano passado.No segmento de ônibus, as vendas totalizaram 2,09 mil unidades no quinto mês do ano, expansão de 66,61% em relação maio do ano passado e queda de 2,15% sobre o desempenho do mês retrasado.

De janeiro a maio, o mercado acumula 10.432 ônibus vendidos, avanço de 72,92%. Reboques A indústria de implementos rodoviários do Brasil participou da Expoproveedores del Transporte, em Monterrey, México, entre 22 e 24 de maio, e essa missão comercial poderá representar US$ 5,8 milhões em exportações. “Os empresários mexicanos mostraram bastante interesse no que estamos produzindo no Brasil e em como podemos atende-los com produtos e serviços de pós-venda”, diz o diretor executivo da Associação dos Fabricantes de Implementos Rodoviários (Anfir), Mario Rinaldi. A ação faz parte do programa MoveBrazil coordenado em conjunto pela entidade e pela Apex-Brasil. /Agências

Fonte: DCI - Diário Comércio Indústria & Serviços


Receba nossa newsletter Fique sempre bem informado com a nossa newsletter!

Cadastre-se