Publicado em 27 de outubro de 2021

TAXA SELIC - Selic: Copom divulga sua decisão sobre a nova taxa básica de juros nesta 4ª feira e expectativa agita economia

27/10/2021
Brasil
Contábeis

Com a conclusão de sua sétima e penúltima reunião prevista para 2021, o Copom (Comitê de Política Monetária), do BC (Banco Central), deve anunciar nesta quarta-feira (27) às 18h30 se haverá reajuste na Taxa Selic e qual será o novo valor estipulado.

A reunião teve início nesta terça-feira em Brasília e desde então o mercado está agitado com a possibilidade de grandes reajustes na taxa, principal ferramenta do governo para combater a inflação.

Com o objetivo de manter as metas inflacionárias de 2022, os especialistas aguardam um anúncio de reajuste de no mínimo 1 ponto percentual. Segundo o boletim Focus, pesquisa semanal divulgada pelo próprio BC, a expectativa é que a taxa que atualmente está em 6,25% ao ano passe para 7,5%.

Para a última reunião de 2021, prevista para dezembro, os economistas já estimam que a Selic chegue a 8,75% ao ano, por isso um aumento significativo nesta reunião de outubro é aguardado.

Durante o ano, a taxa registrou uma trajetória de aumentos sequenciais para combater a inflação em um período de forte crise econômica, que só agora no último trimestre tem previsão de uma melhora significativa.

Taxa Selic

Definida como os juros básicos da economia, essa taxa serve de base para os demais juros cobrados nas operações de crédito e em boa parte dos investimentos em renda fixa. Na prática, a Selic representa a origem de diversos processos que regem a economia.

A cada 45 dias, o Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central define uma meta para a taxa Selic. Com base nessa meta, a autoridade monetária vai vender ou comprar títulos para ajustar o volume de dinheiro em circulação.


Receba nossa newsletter Fique sempre bem informado com a nossa newsletter!

Cadastre-se