Publicado em 09 de junho de 2021

NOTÍCIAS - Veja como alugar imóvel com restrição no CPF

09/06/2021
Brasil
Jornal Contábil

Por vezes, nem sempre a primeira opção daqueles que desejam realizar o sonho da “casa própria” é a compra ou o financiamento do imóvel.

Em certos casos, o aluguel é uma das primeiras opções escolhidas para isso.

Entretanto, existem alguns requisitos que o futuro inquilino precisa cumprir para conseguir alugar o imóvel.

 

Inclusive, o principal deles é a condição de que é preciso estar com o nome limpo.

 

Apesar disso, nem sempre todos os consumidores candidatos ao fechamento de aluguel estão em dia com suas finanças, principalmente quando estão com o nome sujo.

Ainda assim, o que poucos consumidores sabem é que é sim possível conseguir um aluguel com o nome sujo!

Então, ficou curioso para saber mais sobre o tema?

Basta continuar a leitura deste artigo!

 

Para alugar um imóvel precisa ter nome limpo?

Em geral, é fundamental ter um nome limpo para fazer um aluguel.

Isso porque durante todo o período de aluguel do imóvel, o locador precisa ter a garantia de que está fechando negócios com uma pessoa que é capaz de arcar com o compromisso.

Assim, para verificar se o candidato a inquilino é uma pessoa financeiramente idônea, um dos meios utilizados é a checagem do nome ou CPF do consumidor.

Leia também: Como saber se meu CPF está sujo sem sair de casa?

Entretanto, há casos em que nem sempre para alugar um imóvel o consumidor precisa estar com o nome limpo, já que existem diversas outras maneiras de o locador se precaver contra uma falta de pagamento, como:

Inclusive, estas opções serão detalhadas a seguir!

Como o proprietário ou a imobiliária vão saber que meu nome está sujo?

Na maioria dos casos, fazer a checagem de um nome para saber se ele está ou não sujo é uma tarefa bem simples.

 

Para isso, basta que o proprietário ou a imobiliária tenham acesso a um órgão de proteção de crédito, como o SPC ou Serasa e consultem lá o seu nome ou CPF.

Inclusive, algumas empresas pagam para ter esta consulta à sua disposição, e sempre fazer este tipo de checagem antes de fechar qualquer negócio.

Além disso, é possível que haja uma consulta no cartório, para checar se existe alguma dívida protestada em nome do consumidor.

Basta que a empresa solicite ao cartório, que irá emitir uma certidão com toda a situação do consumidor, revelando se existem ou não dívidas.

 

Como alugar apartamento com restrição no nome? Acompanhe nossas dicas!

Apesar de o nome sujo prejudicar bastante o consumidor, existem algumas opções para conseguir comprovar que o futuro inquilino é idôneo para alugar um imóvel.

Acompanhe as dicas e opções a seguir:

1) Aluguel em nome de terceiro

Neste caso, não existe nenhum tipo de garantia, mas se assemelha mais a um favor que alguém faz por você.

No caso, uma terceira pessoa pode fechar o aluguel em nome próprio, e com isso, permitir que uma outra pessoa, que não ela, resida no local, pagando ou não alguma retribuição pelo valor.

 

 

 

 

Aqui, o principal responsável pelo pagamento do aluguel é o terceiro que fechou o contrato.

2) Fiança

Se quiser conseguir um fiador, o consumidor precisa ter alguém de bastante confiança!

Isso porque, na fiança, caso haja qualquer inadimplência do consumidor, quem irá responder pela dívida é o fiador, que tem uma renda segura para arcar com a falta de pagamento.

Por isso, é muito importante ter atenção ao pedir uma fiança!

Tenha bastante cuidado para cumprir com o compromisso e para escolher alguém que realmente aceite ser fiador por você.

Além disso, não basta escolher alguém de confiança.

O fiador precisa ter algumas garantias como:

3) Caução

Bastante comum quando falamos de aluguel com o nome sujo, a caução pode ser feita logo no momento em que o contrato é fechado entre locador e locatário.

Basicamente, a caução consiste no pagamento de 3 parcelas equivalentes ao valor de 3 meses de aluguel.

Assim, caso não haja o pagamento da mensalidade do aluguel, será descontado o valor da caução.

E o melhor: se não for necessário consumir o valor, o depósito pode ser devolvido no final do contrato.

Aluguel com o nome sujo: O fiador de aluguel precisa ter nome limpo?

Já que o locatário chama o fiador para suprir uma falta de idoneidade do seu próprio nome, o ideal é que ele tenha sim o nome limpo.

Além disso, não basta somente ter um bom nome na praça, mas conforme citamos no tópico anterior, o fiador precisa ter uma boa renda, bens em seu nome e meios de provar isso.

Assim, o locador terá uma segurança de que, com aquele fiador específico, o pagamento das parcelas estará garantido.

Como alugar apartamento com restrição no nome? As regras são as mesmas?

Conforme explicamos nos tópicos anteriores, o consumidor pode optar por diversas alternativas para conseguir o aluguel com o nome sujo, principalmente buscando garantias como fiança e caução.

Entretanto, em certos casos, algumas empresas podem definir as próprias regras, e ainda assim rejeitar que o consumidor opte por outro modo de garantia, mesmo tendo fiador, por ter o nome sujo.

Apesar disso, o ideal é que o consumidor procure outras imobiliários e outros proprietários que aceitem as opções de:

Em todo caso, a chave é fazer uma boa pesquisa e consultar as condições para realizar o sonho da “casa própria”.


Receba nossa newsletter Fique sempre bem informado com a nossa newsletter!

Cadastre-se