Publicado em 18 de abril de 2022

GESTÃO DE PESSOAS - Pesquisa mostra que jovens têm mais problemas com o home office. Veja como ajudá-los

18/04/2022
Brasil
Revista PEGN - Globo

Apesar de o home office oferecer vantagens que os funcionários valorizam, como a flexibilidade, o modelo de trabalho não agrada a todos. E, desde o início da pandemia, ficou claro que um grupo específico teria mais problemas: jovens trabalhadores.

“Estar fora do escritório pode ser uma grande bênção quando você está fazendo malabarismos com uma carreira estabelecida e dois filhos, mas quando você está apenas começando, trabalhar em casa significa perder orientação e socialização vitais”, diz Jessica Stillman, colunista no Inc. E dados da Glassdoor comprovam.

Perda de socialização e orientação são alguns dos motivos que fazem os estagiários terem mais dificuldades no trabalho remoto (Foto: Reprodução/Pexels)

Uma pesquisa analisou os comentários dos estagiários sobre suas experiências nos últimos dois anos. O estudo revela que, entre junho e setembro de 2020, 58% dos jovens funcionários mencionaram o trabalho remoto negativamente em suas avaliações. No ano seguinte, eles ainda estavam muito desapontados com o home office, com 70% dos citando o modelo de maneira  negativa. Em 2019, antes da pandemia, o número era 50%. Os problemas são ligados dificuldades de comunicação e conexão.

“Qualquer experiência de estágio nos últimos dois anos sentiu o impacto da covid-19. Embora o trabalho remoto tenha sido positivo para muitos colaboradores regulares, ele interrompeu as experiências de muitos estagiários”, diz a pesquisa.

O que os líderes podem fazer?

Considerando que muitos funcionários mais velhos preferem a flexibilidade do home office, grande parte das empresas deve manter o modelo de trabalho. Então, o que os líderes podem fazer para manter seus funcionários mais jovens tão felizes quanto possível? O Insider tem algumas sugestões.

A primeira é melhorar seu processo de integração: se tudo vai acontecer online, é melhor garantir que os seus sistemas de tecnologia e acessos estejam funcionando bem antes que um novo funcionário comece.

Outra dica é configurar o treinamento online, criando formas de desenvolvimento de carreira à distância. Para isso, crie um cronograma que envolva outros membros de sua equipe para realmente promover esse jovem talento individual. Também ofereça mentoria para que eles possam conversar sobre problemas na carreira.

Pergunte aos seus funcionários mais jovens como eles preferem se comunicar e depois bombardeie-os com informações — aqueles que entram no mercado de trabalho remotamente precisam de instruções explícitas para quase tudo.

Por fim, abra espaço para socialização online. Seja criativo para descobrir maneiras de tornar um estágio virtual mais sociável, já que os jovens funcionários valorizam profundamente essas oportunidades de conexão.


Receba nossa newsletter Fique sempre bem informado com a nossa newsletter!

Cadastre-se