Publicado em 30 de junho de 2021

FUNDO DE GARANTIA - Como funciona o saque do FGTS para a compra de imóvel?

30/06/2021
Brasil
Contábeis

O setor imobiliário foi um dos poucos setores que conseguiu se manter e ainda colher frutos durante a pandemia de covid-19. O ramo teve um aumento de 26% em 2020, de acordo com dados da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe).

Isso é explicado pelas restrições de mobilidade social, que fez com que as pessoas permanecessem mais em casa, buscando melhores condições de moradia, o déficit habitacional e também graças aos juros mais baixos durante a crise.

Para conquistar o sonho da casa própria, o trabalhador pode contar com diversos incentivos e apoios financeiros, sendo um dos principais o saque do Fundo de Garantia de Tempo de Serviço (FGTS) . Confira como e quando o fundo pode ser usado na aquisição de um imóvel.

Quando utilizar o FGTS na compra do imóvel 

Conforme previsto em lei, todo trabalhador registrado sob o sistema CLT tem direito ao FGTS e o saldo desse fundo pode ajudar no na construção de uma casa, no financiamento de um imóvel e também amortizar as prestações futuras. 

Embora seja um direito, existem alguns requisitos para que o saldo possa ser utilizado, confira:

Como realizar o saque para o financiamento

 

Após a seleção do imóvel, o interessado deve procurar a instituição financeira que preferir para solicitar o financiamento. Será necessário autorizar o banco a conferir o saldo disponível do FGTS e aguardar a avaliação do bem pela Caixa Econômica Federal, gestora do fundo, para que aprove o uso, desde que atenda aos requisitos acima.

Após a avaliação e aprovação do imóvel, assine e registre o contrato fornecido pela instituição financeira, nesse momento o fundo será liberado ao banco.A autorização da consulta do FGTS pelo banco pode ser liberada pelo próprio aplicativo de mesmo nome ou pelo internet banking da Caixa.


Receba nossa newsletter Fique sempre bem informado com a nossa newsletter!

Cadastre-se