Publicado em 01 de outubro de 2019

EMPRESARIAL - Sociedades Anônimas S/A: Saiba como funcionam

Com certeza você já viu por aí as siglas S.A, SA ou S/A depois do nome de um empreendimento. Isso se refere as sociedades anônimas, um modelo de negócio que existe há muitos anos, e que talvez seja o mais utilizado.

O formato de sociedade anônima é especialmente adotado por empresas de grande porte. Mas, apesar de ser um termo amplamente difundido, a maioria das pessoas não saberia definir o seu significado.

A verdade é que as sociedades anônimas são, basicamente, empresas que possuem um capital dividido em ações. É uma sociedade, de fato. Mas vamos explicar melhor como isso funciona e tirar todas as suas dúvidas.

O que são e como funcionam as sociedades anônimas?

As sociedades anônimas são compostas por sócios que são, na verdade, chamados de acionistas. Mas a principal características é que essas empresas devem obrigatoriamente possuir fins lucrativos.

Ou seja, empresas que atuam no terceiro setor, projetos sociais, não se enquadram nessa nomenclatura e não podem registrar como Sociedade Anônima.

Outra coisa que é importante de entender é que nem todas as sociedades anônimas necessariamente estão disponíveis na bolsa de valores. Na verdade, existem sociedades de capital aberto e de capital fechado:

Então, é importante entender que todas as empresas que estão na Bolsa de Valores são SA, mas nem todas as sociedades anônimas estão Bolsa de Valores.

Quais são as vantagens em abrir uma sociedade anônima?

Existem inúmeros benefícios e vantagens em apostar no modelo de sociedade anônima. Por isso essa escolha é muito frequente entre pessoas que possuem empresas de grande porte, e querem adotar um modelo de negócio que seja rentável e seguro.

Uma das coisas mais importantes a respeito das sociedades anônimas é que o patrimônio do sócio figa assegurado. Isso porque é aplicada a regra da limitação da responsabilidade.

Com isso, o sócio não precisa arcar com as dívidas que não sejam honradas pela empresa, e por isso tem o seu patrimônio amplamente protegido pela justiça. Somente as ações são utilizadas como garantia financeira, e o valor é limitado!

Com a entrada frequente de sócios, o negócio tem muito mais consistência para se manter de pé, pois os investimentos são frequentes. Com isso, as sociedades anônimas são excelentes opções para quem quer ter um empreendimento mais saudável e seguro.


Para quem a sociedade anônima é ideal?

O perfil mais comum das sociedades anônimas é de empresas de grande porte que querem fomentar seus investimentos através da participação societária. São negócios que possuem uma boa projeção e que querem tornar a marca ainda mais presente no mercado.

Esse modelo de negócio é pautado na Lei das Sociedades por Ações (Lei nº 6.404/1976). Apesar de ser adaptada a legislação brasileira, essa lei é considerada uma cópia do Model Business Corporation Act (MBCA), que rege a legislação societária dos Estados Unidos.

Os grupos anônimos são cada vez mais comuns no Brasil. De fato, estamos falando de um modelo bem interessante de negócio. Mas, antes de migrar para esse formato, sempre vale a pena buscar a devida orientação de um contador experiente.

As sociedades anônimas representam uma parcela importante da economia brasileira. Pesquisar e estudar esse modelo de negócio é importante se você pretende ampliar o seu negócio.

Fonte: Jornal Contábil


Receba nossa newsletter Fique sempre bem informado com a nossa newsletter!

Cadastre-se