Publicado em 24 de julho de 2020

ECONOMIA - O INSS pretende fazer selfie para manter benefício dos aposentados

24/07/2020
Brasil
Jornal Contabil

A partir de agosto, o INSS deverá começar uma nova etapa de testes para que os aposentados e pensionistas que recebem o benefício possam fazer a prova de vida anual sem que seja necessário comparecer a uma agência física.

o procedimento será realizado através de reconhecimento facial. O beneficiário terá que fazer uma Selfie, ou autorretrato, com o telefone celular e submeter a foto a uma verificação em programa de computador.

Em 2019, no mês de agosto, o INSS já havia afirmado que testaria a biometria. O estudo das características únicas de uma pessoa seriam utilizados em vez da prova de vida tradicional.

Agora, de acordo com o órgão, o projeto-piloto será testado com 550 mil beneficiários. Mais detalhes sobre o projeto ainda não foram divulgados.

Uma das formas para se obter o reconhecimento dos beneficiários, poderá ser através de imagens cadastradas no banco de dados do governo. Também poderá ser solicitado que o cidadão compareça a uma agência bancária ou órgão público para registrar sua imagem. Mas todo o procedimento poderá ser feito à distância.

Em maio, foi suspensa a obrigação de provas de vida pelo INSS até setembro, em virtude da pandemia do novo coronavírus.

14° salário

Há uma expectativa que o Senado Federal, por meio da Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa (CDH), se prepare para votar sobre a Sugestão (SUG) 11/2020, que pretende criar o 14° salário para os aposentados e pensionistas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS).

O motivo alegado para criar um valor extra, foi a antecipação do 13° salário que aconteceu em consequência da pandemia.

 

Na verdade é um salário emergencial, para socorrer aposentados, que estão no grupo de risco, servindo também para dar uma injeção de recursos na economia, movimentando o comércio no mês de janeiro de 2021.

Também, se leva em conta que a maioria dos aposentados e pensionistas, usam seus recursos para uso pessoal, como remédios e médico, em muitos casos o valor não cobre toda a despesa.


Receba nossa newsletter Fique sempre bem informado com a nossa newsletter!

Cadastre-se