Publicado em 19 de maio de 2020

ECONOMIA - Como consultar a situação do auxílio emergencial no site da Dataprev?

19/05/2020
Brasil
Correio Braziliense

 O governo federal disponibilizou mais uma forma de acompanhamento do auxílio emergencial de R$ 600. É o portal Consulta Auxilio, que entrou no ar nesta terça-feira (5/5) e vai oferecer informações sobre os processos de análise, aprovação e pagamento do auxílio.

 

O Consulta Auxilio pode ser acessado tanto pelo portal do Ministério da Cidadania, quanto pelo portal da Dataprev. Medida vai reforçar o trabalho de informação e orientação dos brasileiros que estão aguardando o benefício emergencial. Serviço que já era feito feito pelo site e pelo aplicativo da Caixa Econômica Federal.

"Os requerentes poderão acompanhar todo o detalhamento dos pedidos como: resultados, datas de recebimento e envio dos dados pela Caixa à Dataprev e vice-versa, além da motivação da negativa do benefício. A análise da segunda solicitação também poderá ser conferida", informou o Ministério da Cidadania.

A pasta vem sendo cobrado, pela população e até pelo Ministério Público Federal, a apresentar os motivos que fizeram milhões de brasileiros terem o cadastro negado pelo benefício emergencial.

O Ministério da Cidadania ainda informou que essas informações serão oferecidas através de uma interface simples, que solicita apenas alguns dados dos brasileiros: CPF, nome completo, nome da mãe e data de nascimento.

A Dataprev garantiu que o portal está equipado com mais de 45 servidores para poder suportar a demanda de acesso dos brasileiros que ainda aguardam uma resposta sobre os R$ 600. "A ferramenta será monitorada constantemente e aperfeiçoada para atender aos cidadãos", acrescentou.

Balanço

Segundo o governo federal, 97,7 milhões de cadastros já passaram pelos sistemas de conferência da Dataprev e foram homologados pelo Ministério da Cidadania desde o início da concessão do benefício emergencial.

Desses, 50,5 milhões foram aprovados e estão sendo pagos pela Caixa; 32,8 milhões foram considerados inelegíveis; e 13,7 milhões estão inconclusivos e necessitam de complemento cadastral por parte dos brasileiros.

Desse total, 51,1 milhões de cadastros foram recebidos pelo aplicativo do benefício emergencial criado pela Caixa. Desses, 44,9 milhões já foram analisados pela Dataprev.

Isso significa que cerca de 6 milhões de brasileiros ainda esperam uma resposta do governo para saber se terão direito aos R$ 600. A Dataprev promete, por sua vez, responder todas as solicitações que foram feitas até 30 de abril ainda nesta semana.

 


Receba nossa newsletter Fique sempre bem informado com a nossa newsletter!

Cadastre-se