Publicado em 02 de maio de 2022

DIA A DIA - Resolva qualquer conflito no trabalho com estes 4 passos

02/05/2022
Brasil
Revista PEGN - Globo

Na próxima vez que for se reunir com um colega de trabalho de que você não gosta muito ou com algum cliente que só te traz problemas, respire fundo e siga os quatro passos descritos neste texto. Isso te ajudará a chegar ao fim da reunião com mais resultados do que problemas e ainda tirará aquele sentimento ruim após um enfrentamento no ambiente de trabalho.

As dicas são da especialista comportamental Angie Colee, que escreveu um artigo no Insider com passos para ajudar a ter conversas tensas com qualquer pessoa no ambiente corporativo. "Quando bem feito, pode ajudar até mesmo as pessoas mais cabeça-quentes a aprender a conduzir conversas difíceis com calma." Confira: 

Tenha empatia

Antes de entrar em uma reunião com alguém de quem você não gosta ou com quem tem alguma pendência, considere que a outra pessoa também está com boas intenções. Senão qualquer reação sua já será de defesa. Por exemplo, se for um cliente que está devendo algo, não tire conclusões precpitadas sobre o motivo do atraso. Ouça. "A empatia ajuda você a evitar conversas desconfortáveis ??pessoalmente e a reconhecer que somos apenas humanos tentando fazer o nosso melhor, mesmo quando falhamos", diz a especialista.

Reconheça as coisas boas

Lembre-se de algo de que você gosta nessa pessoa, projeto ou cargo. Deseja continuar trabalhando com eles depois que o problema for resolvido? Se a resposta for positiva, diga isso a eles. Iniciar a conversa citando o que você ama no projeto ou o quanto você se divertiu trabalhando com a pessoa ajudará o outro a entender que você está vindo com boas intenções. Por exemplo, se o seu funcionário estragou uma apresentação, comece reconhecendo o ótimo trabalho que ele fez no passado, juntamente com o esforço que ele colocou nesse projeto, mesmo que não tenha ido bem.

Compartilhe uma solução

A solução de problemas requer compromisso. Dizer a alguém "Se você fizesse do meu jeito, tudo funcionaria bem" não é uma solução. Ao resolver problemas, sugira uma saída que você acha que funcionará e deixe que a outra pessoa também possa complementá-la.

Por exemplo, se você tiver um cliente que o contratou para escrever e-mails, você poderia dizer: "Já sabemos que 32 e-mails por mês cria um gargalo de aprovação e muita sobrecarga. Ajudaria se reduzíssemos para 20?"

Ambas as partes precisam concordar com uma solução que resolva o problema, especialmente se isso as afetar ou mudar a maneira como as coisas são feitas. Sempre pergunte a outra pessoa o que ela acha. Isso as convida a partilhar as suas próprias ideias sobre potenciais soluções, que as farão se sentir ouvidas e valorizadas.

Encerre planejando as próximas etapas

Depois de encontrar uma solução, divida-a em itens de ação. Identifique as próximas etapas, quem é responsável por realizar cada uma e quando deverá ser entregue. Tarefas sem prazos podem ser rapidamente enterradas e esquecidas na rotina.

Por exemplo, ao planejar um projeto com um colega de trabalho, diga algo como: "Você me envia uma lista de todos os produtos do catálogo até terça-feira, mesmo que não tenha todas as informações de cada um? Assim tenho tempo para fazer uma pesquisa e entregar a cópia na sexta-feira".

Será difícil seguir esses quatro passos nas primeiras conversas tensas, mas resista à tentação de pular direto para o enfrentamento. Force-se a se acalmar e realmente pense em maneiras de resolver problemas. 


Receba nossa newsletter Fique sempre bem informado com a nossa newsletter!

Cadastre-se