Publicado em 29 de abril de 2022

CARREIRA - Trabalho híbrido melhora a produtividade e a saúde mental

29/04/2022
Brasil
Forbes

Uma pesquisa recente mostrou que os modelos de trabalho totalmente presenciais estão atrelados a pontuações baixas de experiência do colaborador. Por isso, empresas como a Hewlett Packard Enterprise, Atlassian e State Street estão compartilhando aqui ideias para colocar em prática diferentes modelos de trabalho híbrido.

À medida que a ameaça da pandemia diminui e mais empregadores chamam os trabalhadores de volta ao escritório, novos dados de uma pesquisa com 10 mil trabalhadores descrevem um “duplo padrão preocupante” nas realidades que os funcionários e seus chefes enfrentam, com os que não  são executivos mostrando uma curva ascendente de estresse relacionado ao trabalho, além de ansiedade e menor equilíbrio entre vida profissional e pessoal

O Future Forum, um consórcio de pesquisa sobre o futuro do trabalho lançado pelo Slack e outros parceiros, divulgou o relatório global Pulse. O projeto, que também reúne um grupo de líderes para discutir problemas futuros do trabalho, descobriu que os não-executivos são quase duas vezes mais sujeitos que os gestores a ter que trabalhar no escritório todos os dias. E suas pontuações de equilíbrio entre vida profissional e pessoal agora são 40% piores do que os entrevistados executivos. Esses profissionais que estão mais perto da base também relataram mais que o dobro do nível de estresse e ansiedade que os C-level.

Houve também uma divisão acentuada entre as pontuações de experiência do empregado entre os que estão em tempo integral no escritório e aqueles que têm opções híbridas ou remotas. A pontuação cai duas vezes mais para trabalhadores de escritório em tempo integral quando se trata de equilíbrio entre vida profissional e pessoal e é 1,5 vezes mais íngreme para pontuações em estresse e ansiedade, segundo a pesquisa.

Lideranças têm que dar o exemplo

“Os executivos estão adotando a flexibilidade enquanto dizem a todos que voltem para o escritório”, diz a vice-presidente do Future Forum, Sheela Subramanian. “O que estamos vendo é apenas muito mais rigidez, mais ordens de cima para baixo e os executivos não estão necessariamente dando o exemplo.”

Enquanto isso, diz Subramanian, o declínio geral nas pontuações de experiência dos funcionários desde sua pesquisa no último trimestre ocorreu quando algumas empresas exigiram que os trabalhadores voltassem ao estilo pré-pandêmico de comparecimento ao escritório: 34% dos trabalhadores voltaram a estar diariamente no escritório, a maior parcela desde que o consórcio iniciou suas pesquisas, em junho de 2020.

No entanto, nas últimas semanas, uma onda de empresas retornou ao escritório de forma híbrida, com variadas políticas que vão de alguns dias por ano a alguns dias por semana no local. Na Overstock.com, os dias no escritório da maioria dos trabalhadores serão limitados a alguns dias entre a primavera e o final do verão. A Apple está facilitando para os trabalhadores com a exigência de um dia por semana, que aumentará para três a partir de maio. O Google também disse que espera que os trabalhadores estejam no escritório em três dias da semana.

Encontros a cada dois meses, pelo menos

Na Hewlett Packard Enterprise, que reabriu oficialmente seus escritórios em 4 de abril, cerca de 80% da força de trabalho é híbrida, sem obrigatoriedade para o número de dias em que devem estar no escritório. Esses funcionários, como o CEO da HPE Antonio Neri escreveu em um post recente em seu blog, estarão “trabalhando principalmente de forma remota, mas com o incentivo de vir ao escritório para colaboração.”

O diretor de gente da empresa, Alan May, diz que a HPE está fazendo tentando entender quanto esse tempo de articulação pode durar. A empresa de tecnologia pede aos líderes que se encontrem com seus funcionários a cada dois meses para falar de objetivos de carreira, traçar estratégias e discutir sobre métricas de desempenho.

“Estamos incentivando todos a se encontrarem cara a cara sempre que possível, no escritório”, diz May. Eventos de colaboração, reuniões com clientes e reuniões destinadas a reconhecer os trabalhadores também devem ser feitas pessoalmente, diz ele. Porém, ao mesmo tempo, “certamente isso não é mandatório e nem há uma cota sobre o número de dias que as pessoas têm para comparecer”.

Ainda assim, diz May, eles estão tentando empatar com o escritório, com uma nova sede em Houston, que inclui kits de refeições caseiras para levar para casa, grandes telas ao ar livre para filmes, instalações de saúde e fitness no local e um “maker space” pop-up com equipamentos como impressoras 3-D para os trabalhadores se envolverem em seus próprios projetos ou participarem de workshops com colegas. ˜É uma comodidade adicional que acho muito mais gentil do que apenas outra mesa de pebolim.”, diz May. As pessoas estão animadas para voltar ao novo campus juntas, mas isso não significa que “eles deram um passo para trás ao estarem presentes cinco dias na semana”, diz. “Acho que esses dias se foram.” 

A função do escritório

Subramanian concorda que ser flexível não significa necessariamente que não há função para o escritório. Apesar de todo o foco em onde as pessoas vão trabalhar, sua nova pesquisa mostrou que o que importa é quando se espera que os funcionários trabalhem e não onde. Enquanto 79% dos entrevistados dizem que querem flexibilidade de localização, 94% dizem que querem poder escolher as horas que trabalham.

Ao fazer planos para se reunir pessoalmente, as empresas devem criar acordos em nível de equipe para um conjunto de horas principais em que seja “realmente intencional e propositivo ficarem juntos – em vez de ‘você precisa vir ao escritório para que eu saiba que você está trabalhando e respondendo às minhas mensagens rapidamente.’”

“Intencional” é exatamente a palavra para Scott Farquhar, cofundador da Atlassian e número 123 em nossa lista de bilionários de 2022, usada recentemente para descrever a estratégia de sua empresa de software. Dentro de uma entrevista com a Forbes, Farquhar disse que os detalhes ainda estão sendo definidos, mas ele espera que a direção seja que os funcionários que não moram perto de um dos escritórios viajem cerca de quatro vezes por ano para o que ele chama de “união intencional”.

Ele diz que não chama isso de trabalhar em conjunto “porque na verdade eu não acho que você venha para trabalhar. Você faz o trabalho remotamente. Vocês se unem para construir laços sociais.” Quando as pessoas se reúnem, “acho que parece muito mais uma conferência”. Na Atlassian, permite-se que as pessoas trabalhem em qualquer lugar, desde que três critérios sejam respeitados: estar legalmente autorizado a trabalhar lá, a empresa estar legalmente autorizada a empregá-los nesse local, e o fuso horário funciona para sua equipe, onde quer que as pessoas estejam.

Farquhar disse que cerca de 10% dos funcionários da empresa nos EUA mudaram de estado ao longo dos últimos 18 meses e que 44% das novas contratações nos EUA no ano passado são de pessoas que moram a duas ou mais horas de um de seus principais escritórios.

Subramanian diz que é fundamental que as empresas com políticas híbridas estejam prevenidas, pois é “muito fácil que as coisas se tornem injustas”. Isso vale para executivos, também. Ben Langis, chefe do local de trabalho do futuro da State Street, que anunciou uma plano de trabalho híbrido, diz que a gigante gestora de ativos pediu aos líderes sêniores para modelar as expectativas que têm para os funcionários em relação ao trabalho híbrido. A State Street ofereceu aos gerentes treinamento sobre esta nova abordagem de trabalho. “Todo mundo tem que perceber que este é um grande experimento social”, diz Langis.

Na Atlassian, onde sua equipe do Trello sempre teve uma abordagem remota com chamadas do Zoom, se uma pessoa estiver em casa, todas as outras também participarão das chamadas dessa maneira. Isso inclui Farquhar. Certa vez, ele viajou da Austrália para uma reunião nos escritórios do Trello, mas a conduziu de uma sala do tamanho de uma cabine telefônica, já que alguns funcionários estavam participando remotamente. “Todo mundo tem sua própria caixinha.”


Receba nossa newsletter Fique sempre bem informado com a nossa newsletter!

Cadastre-se