Notícias Empresariais

Tweet

A contabilidade e a responsabilidade social

Que os profissionais de contabilidade têm um papel importante no desenvolvimento econômico de todos os países não restam dúvidas. Porém, o seu papel nas mudanças sociais pode ser ainda mais amplo quando uma entidade de classe desenvolve ações que colaboram com os poderes públicos e com organizações não governamentais no desenvolvimento da solidariedade  no sentido de exercer e incentivar a responsabilidade social.





Um bom exemplo de atuação social, que serve de modelo para outros sindicatos da categoria,  é o programa Sescon Solidário de São Paulo.  O trabalho tem como objetivo  o desenvolvimento de projetos institucionais e comunitários, eventos culturais, de formação, de integração e de lazer. Entre os  trabalhos desenvolvidos está o “Desenhando o Futuro”, braço educacional do Programa Sescon Solidário, a iniciativa visa a qualificação e inserção de jovens no mercado de trabalho.





No último mês de julho o Sescon-SP promoveu mais uma formatura da ação “Desenhando o Futuro”. Na edição de número 51 do programa, 100 adolescentes entre 16 e 17 anos se qualificaram nos cursos de Departamento Pessoal ou Escrita Fiscal, oferecidos pelo Sindicato em parceria com a  Casa Lions de Adolescentes Santo André (Clasa)  e a organização sem fins lucrativos Ensino Social Profissionalizante (Eespro) de Guarulhos, Itaguaçu e Osasco.





Durante a solenidade de formatura o coordenador da Comissão de Responsabilidade Social do Sescon-SP, Salvador Strazzeri, declarou à Sescon News que o sindicato está sempre trabalhando para aprimorar o programa, mantendo contato com as entidades parceiras no sentido de aprimorar a performance dos jovens formados. 





Para a conselheira do CRC-SP, Rosmary dos Santos, o evento é um marco para aquele estudante que anseia vencer na vida. "Com esse curso eles terão muitas oportunidades, muitas portas irão se abrir", concluiu a conselheira.





O vice-presidente do  Sindicont–SP,  Antonio Eugenio Cecchinato,  considera que só através da educação conseguiremos formar uma nova geração e modificar esse conceito, hoje tão denegrido, do Brasil. “A educação move e remove montanhas”, sentenciou.





Quem comemora os resultados da parceria  com o Sescon–SP  é o administrador geral da Clasa, Hipólito Ortolan Noronha. Em 2014  a instituição de Santo André realizou os primeiros cursos de Departamento Pessoal e Escrita Fiscal, fruto da parceria. Noronha  relata que praticamente 90% dos  formados na primeira turma atuaram como jovens aprendizes, com uma taxa de efetivação de mais de 50%.



Texto confeccionado por: Elizete Schazmann


[ voltar a listagem de notícias ]