Notícias Empresariais

Tweet

São Paulo lidera com 11,3% queda da produção industrial em abril, diz o IBGE

RIO - A queda de 7,6% na produção industrial em abril ante igual mês de 2014 foi acompanhada por 13 dos 15 locais pesquisados nesta comparação, informou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Em São Paulo, o recuo foi de 11,3%, a maior queda para a região desde junho de 2009, quando a produção cedeu 12,8% nesse mesmo tipo de confronto. Segundo o IBGE, a indústria paulista teve o desempenho prejudicado pelos setores de veículos, produtos alimentícios e de máquinas e equipamentos.





Ainda em relação a abril de 2014, foram registrados recuos intensos nas regiões do Amazonas (-19,9%), diante da diminuição na fabricação dos setores de equipamentos de informática, produtos eletrônicos e ópticos e outros equipamentos de transporte; Ceará (-14,7%), devido ao desempenho de artefatos de couro, artigos para viagem e calçados, produtos têxteis e coque, produtos derivados do petróleo e biocombustíveis; e Bahia (-12,8%), em função da produção de coque, produtos derivados do petróleo e biocombustíveis e metalurgia.





Região Nordeste (-8,4%), Pernambuco (-8,0%) e Mato Grosso (-7,7%) também apontaram quedas mais acentuadas do que a média nacional (-7,6%), enquanto Minas Gerais (-7,6%), Santa Catarina (-6,6%), Rio Grande do Sul (-6,0%), Goiás (-3,2%), Paraná (-2,6%) e Rio de Janeiro (-2,1%) completaram o conjunto de locais com taxas negativas nesse mês.





Por outro lado, Espírito Santo (14,4%) e Pará (5,8%) assinalaram os avanços em abril de 2015, impulsionados, em grande parte, pelo comportamento positivo vindo dos setores extrativos e de metalurgia, no primeiro local, e de indústrias extrativas e produtos alimentícios, no segundo.


[ voltar a listagem de notícias ]