Notícias Empresariais

Tweet

Sistema de abertura online de empresas é debatido por contabilistas

O novo sistema de abertura, alteração e baixa de empresas no Paraná, que passará a ser exclusivamente pela internet, a partir de 30 de abril, foi tema de palestras para empresários e contadores em Pato Branco, na Regional do Sebrae/PR, nesta semana. Os eventos promovidos pela Junta Comercial do Paraná (Jucepar) e Sebrae/PR serviram para informar e tirar eventuais dúvidas sobre o Programa Empresa Fácil, que faz parte da implantação da Rede Nacional para a Simplificação do Registro e da Legalização de Empresas e Negócios (Redesim) no Estado.



O consultor Luiz Marcelo Padilha, coordenador estadual de Políticas Públicas do Sebrae/PR, explica que o novo sistema trará mais agilidade, pois o empresário não ficará mais correndo de porta em porta, podendo fazer todo o processo de forma online. O portal www.empresafacil.pr.gov.br também disponibiliza um acervo de informações pertinentes, principalmente para quem vai abrir uma empresa. “Para o empreendedor, vai melhorar significativamente na agilidade, informação e segurança. Para o poder público, é uma forma de otimizar recursos, automatizar e melhorar processos. Empreendimentos de baixo risco, como um escritório de contabilidade pequeno ou uma loja de confecção, por exemplo, poderão ser abertos com rapidez, sem necessidade de vistoria prévia dos bombeiros e da vigilância sanitária”, detalha Padilha.



A nova plataforma integra os principais órgãos envolvidos em processos de abertura e baixa de empresas, como prefeituras, Jucepar, Corpo de Bombeiros, Vigilância Sanitária, Secretaria Estadual de Fazenda e Instituto Ambiental do Paraná (IAP). Dessa forma, o empreendedor precisa enviar toda a documentação necessária uma única vez. No Paraná, segundo Padilha, 80 municípios já aderiram ao sistema. Destes, 27 estão integrados, sendo dois na região sudoeste, em Capanema e Chopinzinho.



Para o presidente do Sindicato das Empresas de Serviços Contábeis e das Empresas de Assessoramento, Perícias, Informações e Pesquisas no Estado do Paraná (Sescap-PR), Mauro Kalinke, a plataforma representa os primeiros passos concretos de um trabalho de anos em favor da desburocratização. “O sistema vai agilizar e muito a parte de processos para os empresários e também para as empresas de contabilidade, pois diminuirá o trânsito de documentos. Quando o sistema estiver integrado na sua totalidade, você poderá inserir todos os dados numa única plataforma, acabando com o retrabalho. Assim, o profissional da área contábil terá tempo para prestar uma assessoria, o que poderá melhorar, inclusive, a atuação do empresário no seu negócio”, analisa.



Há 30 anos na área contábil em Pato Branco, o empresário Sérgio Bebber, acredita que o Empresa Fácil Paraná, quando integrado na sua totalidade, facilitará o trabalho dos contabilistas. “Há muito se fala em desburocratização. Agora, estamos começando um processo que vai fazer a simplificação do trabalho pelo meio digital, com agilidade e rapidez, o que é fundamental para o mundo atual, competitivo e que exige celeridade nos processos e serviços”, pondera.



A empresária Daiani Eliza Barônio participou com a família da palestra sobre a Redesim, aprovou a nova plataforma. Apenas lamentou que não tenha chegado antes, pois acredita que se tivesse esse recurso no começo do empreendimento, teria evitado problemas e gasto menos tempo.  “O sistema promete ser ágil e traz uma parte importante que é o acesso a informações, bem como o acompanhamento do trâmite dos documentos, de forma online. Estava na hora dos empresários terem essa facilidade para melhorar e ganhar tempo com menos burocracia.”



Apoiaram a Jucepar e o Sebrae/PR na realização dos eventos em Pato Branco, a Federação das Indústrias do Estado do Paraná (Fiep), o Sescap-PR, o Conselho Regional de Contabilidade do Paraná (CRC-PR), a Federação dos Contabilistas do Paraná (Fecopar), a Federação do Comércio do Paraná (Fecomércio) e a Federação das Associações Comerciais e Empresariais do Paraná (Faciap).



Texto confeccionado por: Evandro Artuzzi


[ voltar a listagem de notícias ]