Notícias Empresariais

Tweet

Mercado de trabalho após os 40: quais são os desafios?

As circunstâncias do mercado e os desafios impostos pelo avanço da tecnologia, da globalização, da acirrada competição e da busca permanente de renovação, convergem e impulsionam sistematicamente todas as empresas e pessoas, que percebem obrigadas a busca da modernização, com isso encontrar uma segunda carreira exige determinação e desprendimento. O resultado pode ser surpreendente ou desanimador para muitos que buscam voltar ao mercado de trabalho tendo idade acima dos 40 anos.



A queda no rendimento das famílias produziu um movimento no mercado de trabalho, fez com que aumentasse o número de brasileiros procurando emprego e a quantidade de vagas caiu em fevereiro, uma combinação que fez com que a taxa de desemprego subisse para 5,9%, segundo contas do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística – IBGE. É a maior taxa para o mês desde 2011.



O administrador e palestrante Matoso Oliveira, coordenador da Conexão Desenvolvimento Pessoal e Profissional, explica que não será fácil percorrer caminhos pelos quais não se esperava, mas tendo foco e motivação a pessoa pode conquistar seu espaço. “As pessoas buscam por satisfação profissional e principalmente pessoal, voltar para o mercado já com idade acima dos 40 não é uma tarefa fácil, mas muitas empresas possuem espaços para candidatos com experiências, buscam por líderes com competência e destinação a liderar equipes que possam surpreender em resultados”, ressalta.



Neste cenário, fica evidente que pessoas são o fator de vantagem competitiva sustentável mais importante para o negócio, e também, a exigência que o mercado procura ou se desfaz habitualmente em relação a cargos e salários. A procura árdua por novos líderes, novas formas de trabalho e profissionais, que necessitam estar preparados para as transformações e desafios presentes no futuro se faz necessário, tendo em vista esta percepção que se impõem aos cargos fornecidos para pessoas gabaritadas.



“A procura por emprego aumentou principalmente por parte das mães, ouve uma desaceleração da economia que chegou ao ritmo de contratação, diminuindo as contratações dos adultos. E para complicar a situação do trabalhador a renda média descontada a inflação caiu no mês de fevereiro, isso não acontecia desde outubro de 2011, e esta queda na renda aumenta ainda mais a pressão sobre o mercado de trabalho, já que mais gente passa a procurar emprego para poder manter o padrão de vida. Levando isto em consideração, pessoas que procuram empregos ou querem trocar de cargos, precisam analisar sua capacidade e o mercado”, disse o especialista.



Quando se chega a uma determinada idade o mercado de trabalho impõem algumas medidas, para isso as pessoas devem buscar qualificação para voltar a atuar como profissional completo. “O melhor é conversar com outros profissionais e mapear a área de atuação. Fazer cursos específicos para a área que se pretende buscar trabalho, além de se qualificar em conhecimento técnico. Muitas pessoas quando abandonam o mercado acabam perdendo contato com outros profissionais, isso é um erro! É sempre bom e proveitoso ter um networking (rede de contatos) atualizado”, explica Matoso.



É importante também saber onde as empresas que precisam do que você dispõe estão e como elas compram esse trabalho na atual realidade vivida pelo mercado econômico. A mudança ou procura de um novo emprego pode ser difícil, mas não é impossível. “Qualquer pessoa pode mudar de carreira, basta ser otimista e não achar que suas habilidades e experiências podem ser substituídas por um jovem. Caso esta mudança seja feita a partir do descontentamento do atual emprego é preciso fazer uma avaliação dos perigos e benefícios que podem ocorrer com esta mudança. Calcule sua autoconfiança e seu autoconhecimento, tendo essas duas qualidades somadas é que você irá conquistar a verdadeira liberdade – que nada mais é que o direito de ser feliz no emprego que realmente te faça bem”, afirma o coach.



5 dicas para voltar preparado ao mercado de trabalho



- Não faça da sua idade uma desmotivação, não pense que você está velho para conquistar um novo espaço no mercado de trabalho. Você é proativo e muitas corporações necessitam do seu talento.



- Atualize seus conhecimentos participando de curso, palestras, grupos de estudos e cursos técnicos.



- Procure estar sempre informado sobre as mudanças tecnológicas, principalmente aos mecanismos disponíveis como as redes sociais. Elas podem te ajudar nesta comunicação e interação cometidas na atualidade.



- Faça um bom currículo, o elabore de forma direta e não deixe de informar suas principais habilidades. Destaque seu desempenho de líder ou de liderado que tenha causado mudanças positivas na época e que ainda esteja em atividade na corporação.



- Controle seu emocional. Se o emprego que você quer demorar a chegar, trate isso normalmente. Não se desespere, lembre-se que assim como você existem outras pessoas buscando por mudanças, principalmente mais jovens.


[ voltar a listagem de notícias ]