Notícias Empresariais

Tweet

Como elaborar um plano de negócio para o seu escritório de contabilidade

Mesmo que a sua empresa contábil já esteja estabelecida ou você esteja abrindo o seu próprio escritório, ter um plano de negócio é imprescindível para o sucesso de qualquer empreendimento — e se você ainda não tem um, está na hora de elaborar. Preparamos algumas informações que vão ensiná-lo a traçar um plano de negócio para o seu escritório de contabilidade e ajudar a delinear o seu lugar no mercado. Confira:





Estabelecendo as missões e valores





Mesmo que o seu negócio já esteja em funcionamento, dedique um tempo especial para definir (ou redefinir) como a sua prestação de serviços será exercida, qual será a missão da empresa e os valores que orientarão a conduta do gestor e dos colaboradores, tanto na lida com os clientes quanto internamente.





Selecionando os clientes e pesquisando o mercado





Qual o seu público-alvo? Empreendimentos de pequeno, médio ou grande porte? Pretende auxiliar empresas já consolidadas ou aquelas que estão apenas começando? Qual o perfil do seu cliente ideal? A área de atuação de seu escritório de contabilidade ficará restrita à cidade-sede do negócio ou pretende atuar em todo o estado?





E sobre o mercado? Quais são seus maiores concorrentes? Quais as características desses escritórios de contabilidade? A elaboração de um plano de negócio é o momento ideal para responder a todas essas perguntas. Elas vão orientá-lo sobre como atuar no mercado contábil e quais os diferenciais necessários para colocar seu escritório de contabilidade à frente da concorrência.





Criando um plano financeiro





É importante estabelecer o investimento disponível para escritório contábil. Se é o início do negócio, discrimine as áreas onde os recursos serão investidos: móveis e utensílios, máquinas e equipamentos de escritório, salários, softwares, etc.





O plano de negócios é também uma oportunidade que o profissional de contabilidade tem de escolher a opção tributária mais adequada ao seu escritório. É importante lembrar que essa opção tributária é válida por 12 meses. Portanto, se você escolher uma opção no início do ano fiscal, sem um planejamento que considere os meses seguintes, o seu escritório de contabilidade poderá ter lucros menores até o fim do exercício social. O impacto dessa escolha interfere ainda no seu fluxo de caixa, portanto, fique atento!





Os softwares financeiros têm sido grandes auxiliares na gestão de diversas empresas, principalmente na contabilidade. Seu sistema padronizado documenta e registra toda a movimentação do setor financeiro do seu escritório. Com a gestão contábil sob controle, seu trabalho fica mais otimizado e sobra mais tempo para que você se dedique ao atendimento de seus clientes.





Desde a escolha do local, até a definição dos pontos norteadores da ética e profissionalismo do seu trabalho, traçar um plano de negócio é, sem dúvida, um dos passos mais fundamentais para prever, programar, coordenar e controlar o seu escritório de contabilidade. Parece muito trabalho, mas é necessário para estruturar o caminho da sua empresa — e uma rota bem traçada, certamente vai te levar a grandes lugares.


[ voltar a listagem de notícias ]