Notícias Empresariais

Tweet

eSocial: sistemas de gestão são essenciais?

Conforme o BlogSkill tem relatado, o eSocial é parte do SPED – Sistema Público de Escrituração Digital e irá unificar o envio de informações pelo empregador em relação aos seus empregados, que atualmente são repassados separadamente para a Caixa Econômica Federal, INSS – Instituto Nacional do Seguro Social, Ministério da Previdência, Ministério do Trabalho e Emprego e Secretaria da Receita Federal.



Levando em conta o planejamento do governo para unificar a entrega de declarações, documentos, informações sobre os contratos de trabalho, recolhimentos trabalhistas e previdenciários, torna-se notável a necessidade de integração de todos esses dados corporativos, como também a complexidade desse novo processo de repasse.



Em linhas gerais, a centralização e padronização das informações visa beneficiar as empresas, seja de pequeno, médio ou grande porte, visto que prevê uma sensível diminuição da burocracia.



Aos gestores, haverá duas opções: acesso direto ao site do eSocial, ou integração da plataforma do governo aosoftware de gestão empresarial (ERP) utilizado na empresa, sendo que a segunda opção é o modelo visto como o mais adequado. Investir em softwares de gestão, que atendem às necessidades específicas da empresa, será de grande importância para garantir que a integração das informações corporativas ocorra de forma otimizada, como também em relação à aderência às novas regulamentações legais.



Em uma demissão, devido à nova normativa, será preciso informar os dados do empregador, por exemplo, para que o governo verifique se o indivíduo está recebendo o seguro-desemprego da maneira certa. Destaca-se que soluções ERP são muito úteis nesse processo, garantindo segurança e confiabilidade. Além da redução de custos, esse tipo de software possibilita maior integração entre setores, elevação da eficiência dos processos e permite que a tomada de decisões seja embasada e eficaz.


[ voltar a listagem de notícias ]