Notícias Empresariais

Tweet

Remuneração estratégica: por que as empresas devem adotá-la?

Alguns dos grandes desafios das empresas em geral são relacionados à retenção de talentos, às estratégias de remuneração que sejam atrativas para os colaboradores e ao alinhamento das estratégias da empresa com os colaboradores.



A chamada remuneração estratégica pode resolver todas essas problemáticas de uma só vez, por ser um modelo de compensação atrelado ao desenvolvimento do negócio, pelo qual os colaboradores recebem uma remuneração extra por sua contribuição para o sucesso do negócio. Sendo assim, as iniciativas estratégicas da empresa estarão mais facilmente alinhadas aos colaboradores, para o alcance dos resultados pretendidos, e há uma maior retenção de talentos.



A remuneração estratégica vem sendo uma nova vantagem competitiva nas organizações, pois apresenta-se como uma combinação de diferentes tipos de remuneração, sendo dividida entre fixa e variável. Na remuneração fixa, o colaborador recebe um salário pela função, um salário indireto, por meio de benefícios e outras vantagens, e uma remuneração por habilidades, definida pela capacitação e voltada para cargos operacionais. Já na remuneração variável, há o salário por competências, voltado para cargos administrativos e de liderança; previdência complementar; remuneração variável - por resultados (metas e indicadores em quatro níveis: individual, de equipe, setor e empresa; participação acionária e alternativas criativas - social, simbólico, relacionado ao trabalho.



Assim, entre as vantagens da reumuneração estratégica, incluem-se o ajuste da remuneração às diferenças individuais das pessoas, aos seus desempenhos e ao alcance de metas e resultados. Ela também funciona como uma motivação intrínseca, ou seja, um fator emocional, além de premiar o bom desempenho e incentivar o desempenho excepcional. Outro importante aspecto é que essa remuneração não produz impacto sobre os custos fixos da organização. Adotar uma política de remuneração estratégica nas empresas é, portanto, uma boa saída para reter e alinhar talentos, sem custos para a empresa e com alto retorno em produtividade e satisfação.





Texto confeccionado por: Carolina Farah


[ voltar a listagem de notícias ]