Notícias Empresariais

Tweet

Queda do Petróleo

Na manhã desta quinta-feira (25), os contratos futuros de petróleo passaram a cair. A queda aconteceu após Khalid al-Falih, ministro de energia da Arábia Saudita, falar com a imprensa antes da reunião da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep).



No encontro da Opep, que está acontecendo em Viena, a expectativa é que o grupo e vários outros produtores mantenham os atuais cortes na produção de Petróleo por mais nove meses, ou seja, até março de 2018.



"Parece bastante provável, embora nada é certo até a que decisão seja tomada, de que vamos renovar (os acordos atuais) nos mesmos termos por um período de nove meses", declarou Khalid al-Falih.



De acordo com a decisão tomada no fim do ano passado, tanto os integrantes da Opep, como outros países que não fazem parte do grupo, têm reduzindo a sua produção em cerca de 1,8 milhão de barris por dia no decorrer do primeiro semestre de 2017. A tentativa é sustentar os preços da commodity. A princípio, a decisão era conter a oferta até o fim de junho, prazo que pode ser prorrogado dependendo do resultado da reunião.


[ voltar a listagem de notícias ]